Floart nos anos 90

Genival Petroceli trabalhou no mercado informal produzindo flores artificiais durante cinco anos e, em 1994, fundou a empresa FLOART.

materiais-papa-flores-artificiais-floartApós a política econômica do Governo Color, a FLOART passou a vender materiais escolares para sobreviver no mercado (Foto  ao lado: 1994 primeira Floart em Guaianases-São Paulo).

Hoje, o segmento de flores artificiais voltou com força total e utiliza como matéria prima a espuma E.V.A. ao invés de tecido como ocorria nos anos 90. Veja em detalhes nesta matéria O que é E.V.A.

Com força total, a FLOART volta as suas origens e novamente especializa-se em artesanato e curso de flores artificiais.

O primeiro passo foi firmar sociedade com uma fábrica de moldes em alumínio para flores artificiais.

Fabricar nossos próprios frisadores de alumínio possibilita-nos ter os melhores preços do mercado.

O curso de flores artificiais oferecido pela FLOART é o primeiro passo para quem busca aprender de forma prática e almeja tornar-se um grande artesão, ou procura transformar o que antes era um hobby em profissão.

Temos todo material necessário para flores artificiais – desde o curso até a matéria prima para o acabamento do arranjo.

 

E você? Conhece a FLOART desde qual época?

Registre seu depoimento sobre nós. Utilize o formulário abaixo. Ficaremos felizes em conhecer sua história.

 

1 comentário

  1. sebastiana Abreu de lima

    Ola amigos gosto muito de trabalhar com eva principalmente fazer flores mais ainda aprenderei muito com vocês .

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *